Especial dia da criança: 3 livros que fizeram parte da minha infância

Oi oi pessoal!

Hoje é comemorado o dia da criança e eu realmente não podia deixar passar em branco. Portanto achei que seria legal falar um pouco sobre três livros que marcam a minha infância e pré-adolescência.






O Porão Misterioso - Cláudio Levitan

Título: O Porão Misterioso                       Autor: Cláudio Levitan             Ilustrador: Lucas Levitan           Editora: L&PM                                               ISBN: 8525410187                                       Nº de páginas: 104                           Acabamento: Brochura                                 Ano: 2001
Esse livro vai contar a história de Matias, Alice e Tiago e de como eles foram parar na Lua graças a um manual de como se montar um foguete, encontrado no porão da casa de seus avós em uma manhã de sábado. Todas as aventuras vividas por eles são acompanhadas de perto e narradas pela velha goiabeira plantada no quintal da casa.

Eu li esse livro quando tinha uns 11 anos de idade e foi o meu primeiro livro infanto-juvenil, ou seja, um livro mais grosso com muito texto, diferente dos infantis em que as ilustrações ocupam páginas inteiras e com apenas um parágrafo por página. O comprei na primeira feira do livro que fui, me lembro até hoje de estar encantada com tantos livros, mas esse me cativou logo que o vi; o resultado disso é que até hoje ele é um dos meus livros favoritos da vida!




A Bolsa Amarela - Lygia Bojunga

Título: A Bolsa Amarela                            Autor: Lygia Bojunga                            Editora: Casa Lygia Bojunga                          ISBN: 85890200037                                      Nº de páginas: 135                      Acabamento: Brochura                              Ano: 2003
Essa é a história da Raquel, uma menina que está passando por um conflito consigo mesma e com a sua família pelo dilema de precisar reprimir três grandes vontades: a de ser gente grande, a de ter nascido menino e a de ser escritora. Essas vontades ela guardou em uma bolsa amarela, e durante a história vamos vendo o dia-a-dia e o amadurecimento da menina através da mistura de acontecimentos reais e coisas criadas graças à sua imaginação.

Para ser sincera eu não lembro quando exatamente li esse livro, mas devia ter por volta de 13 anos. Eu não era mais criança, mas essa história me cativou de uma maneira que em vários momentos me fez voltar a ser criança graças à grande identificação que tive com a personagem principal que por sua vez também me ensinou muitas coisas. Pode parecer pretensioso da minha parte, mas o crescimento que esse livro nos possibilita e a singeleza da história pode facilmente ser equiparada ao Pequeno Príncipe e, assim como ele, ela é uma história que pode muito bem ser lida por todas as idades e que ganha uma qualificação atemporal.





E por último, mas não menos importante...

O Lago da Memória - Ivanir Calado

Título: O Lago da Memória                           Autor: Ivanir Calado                            Editora: Nova Alexandria                             ISBN: 8585490195                                      Nº de páginas: 148                     Acabamento: Brochura                               Ano: 1993

Na cidade de Sumidouro chegou um circo. Como nada acontece nessa cidadezinha, Xando e Camila decidem ir assistir ao espetáculo, mas na verdade o ônibus que carrega a trupe é nada menos que uma nave de transferência interdimensional que os acaba levando para um universo paralelo chamado Prisco, onde o povo fora enganado por um homem chamado Draco, que lhes prometera maravilhas tecnológicas em troca de partes de sua memória e agora de forma tirânica governa esse mundo juntamente com sua esposa, se aproveitando de que os moradores não podem lhe tirar do poder por não lembrarem do que aconteceu. Esse mundo também está em decadência pelo fato de os trabalhadores de todas as áreas não lembrarem mais como exercer suas funções. Agora Camila e Xando precisam encontrar o lago onde todas as memórias estão escondidas e ajudar a população a retomar seu mundo.

Eu li essa história quando tinha uns 11 ou 12 anos para fazer uma atividade na escola e lembro até hoje do quanto gostei dela! Gostei tanto que há poucos anos atrás consegui comprar o livro para matar a saudade lendo novamente e guardar ele comigo. A história é incrível e super tranquilo de ler, pois os capítulos tem no máximo duas páginas.



Agora listando os livros eu notei que os três livros que marcaram minha infância e pré-adolescência são de autores nacionais, e preciso dizer que isso me deixa muito feliz pois essa é a prova do quanto os autores nacionais podem realmente ser grandes autores! Eu realmente acho muito legal quem cresceu e começou a ler com Harry Potter e derivados, até porque eu também amo a história, mas esses três livros foram os que conseguiram marcar a minha infância.

Bom pessoal, por hoje é isso! O que acharam dos livros? Alguém já leu algum deles ou está pensando em ler? E qual foi o livro que marcou a infância de vocês? Deixem suas opiniões nos comentários!!


Kissus kissus, até o próximo post! o/



Juh

6 comentários

  1. Diego Henrique Martinho12 de outubro de 2014 22:20

    Oi Juh!

    Eu li A Bolsa Amarela com uns 11 anos, lembro que também me cativou bastante.
    Os outros dois eu ainda não li, mas parecem ser ótimos.

    São boas dicas pra presentear aqueles sobrinhos ou priminhos.

    Beijos
    literamusicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Diego!
    A Bolsa Amarela é um livro encantador mesmo, principalmente pela singeleza com a qual a história é contada. E os outros, se você tiver um tempinho leia, as histórias são ótimas e eu acredito que até mesmo quem não é mais criança irá se interessar!


    Obrigado pelo comentário!
    Kissus!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Juh!

    Dos que comentou, só conheço (e li) "A Bolsa Amarela", e honestamente não lembro quando ou o que achei. A verdade é que minha memória é uma meleca - mal consigo lembrar o que li ano passado, imagina uma década atrás? Mas fico feliz quando lembro do livro, então deve ter sido uma boa leitura, hehe. Lembro de ler muitos livros da série "Salve-se quem puder", em que você tinha que resolver um mistério para ir para a página seguinte. Mas não sei se consigo apontar só um livro, ou só uma série, acho que praticamente tudo que li quando criança foi importante, porque ajudou a cultivar o amor pelos livros :3

    Beijos e ótima semana!

    Resenha de "Anjo Mecânico" no ar, não deixe de conferir <3
    Confissões de um Leitor

    ResponderExcluir
  4. Eu adorava a Bolsa Amarela! Caraca, nem lembrava desse livro, mas a história é linda e realmente vale para todas as idades! Adorei relembrar esse livro!


    O blog ta mto legal, já curti a pag no face para não perder nada!
    Beijos
    Isadora


    www.novoromance.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Liah!


    A Bolsa Amarela é um clássico! Mas sabe que os outros também são ótimos? Até hoje gosto de ler eles de vez em quando.
    E normal você não lembrar já que faz bastante tempo! Essa série que você citou eu nunca vi... fiquei até curiosa agora, parece ser bem legal também! Realmente, é difícil apontar poucos livros que nos marcaram, eu citei esses porque são os que mais lembro, mas sei que tiveram muitos outros que fizeram parte da minha infância como os contos de fadas clássicos.


    Beijão e obrigado pelo comentário!

    ResponderExcluir
  6. Oi Isa!
    Esse livro é lindo mesmo e todo mundo deveria ler pelo menos uma vez! Que bom que o post te trouxe boas lembranças!
    Fico feliz que você esteja gostando do blog e obrigada por curtir a página, pode deixar que vou postar lá todas as novidades do blog!


    Beijos e obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir

Todas as ilustrações utilizadas nesse blog são de autoria da ilustradora Duda Almeida. Tecnologia do Blogger.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...